Economia

Banco Central da Rússia corta juro básico a 7,50% e rublo amplia ganhos

O Banco Central da Rússia decidiu cortar sua taxa básica de juros em 0,25 ponto porcentual, a 7,50% por ano, após concluir reunião de política monetária nesta sexta-feira.

Em comunicado, o BC russo avalia que a taxa anual de inflação continua desacelerando, mas ressalta que o crescimento da economia neste primeiro semestre tem sido mais fraco do que esperava. Como resultado, a instituição reduziu sua previsão de inflação para este ano, de uma faixa de 4,7% a 5,2% para um intervalo de 4,2% a 4,7%.

Se a economia se comportar como previsto, o BC da Rússia admite a possibilidade de um novo corte de juros em uma das próximas reuniões e a transição de sua política monetária para uma postura neutra até meados de 2020.

Na esteira da decisão, o rublo ampliou ganhos em relação ao dólar. Às 7h46 (de Brasília), o dólar caía a 64,33 rublos, de 64,60 rublos no fim da tarde de ontem. Antes do anúncio do BC russo, o dólar era negociado a 64,42 rublos.

Tópicos

corte juro Rússia