Mundo

Balanço da pandemia do novo coronavírus no mundo às 16h de Brasília

Balanço da pandemia do novo coronavírus no mundo às 16h de Brasília

O número de mortos nos EUA, que registrou sua primeira morte ligada ao vírus no início de fevereiro, é de 133.542, e o país registra um total de 3.144.472 casos. - AFP

A pandemia do novo coronavírus provocou ao menos 556.140 mortes no mundo desde que o escritório da OMS na China noticiou a aparição da COVID-19, em dezembro, segundo balanço realizado pela AFP nesta sexta-feira (10), às 16h de Brasília, a partir de dados oficiais.

Desde o início da epidemia, mais de 12.361.580 pessoas em 196 países ou territórios tiveram a doença. Destas, pelo menos 6.593.400 estão recuperadas, segundo as autoridades.

Esse número de casos positivos reflete apenas uma parte do número total, principalmente por causa das diferentes políticas adotadas pelos países para diagnosticar os contágios. Alguns apenas testam as pessoas que precisam ser internadas e, em muitos países pobres, a capacidade de testes é limitada.

Desde as 16h de quinta-feira, houve 5.112 novas mortes e 224.319 casos em todo o mundo. Os países que registraram mais mortes são o Brasil, com 1.220 novas mortes, seguido dos Estados Unidos (739) e México (730).

O número de mortos nos EUA, que registraram sua primeira morte ligada ao vírus no início de fevereiro, é de 133.542. O país registra um total de 3.144.472 casos. As autoridades consideram que 96.9111 pessoas foram curadas.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Depois dos Estados Unidos, os países mais atingidos são o Brasil com 69.184 mortos e 1.755.779 casos, o Reino Unido com 44.650 mortos (288.133 casos), a Itália com 34.938 mortos (242.639 casos) e o México com 33.526 mortos (282.283 casos).

Entre os mais atingidos, a Bélgica mantém a maior taxa de mortalidade, com 84 mortes por 100.000 habitantes, seguida de Reino Unido (66), Espanha (61), Itália (58) e Suécia (55).

A China continental (sem mencionar Hong Kong e Macau) registra um total de 83.585 casos, dos quais 4.634 morreram e 78.609 foram curadas.

Até a divulgação desse balanço, a Namíbia anunciou sua primeira morte ligada ao novo coronavírus.

Nesta sexta-feira às 16h de Brasília e desde o início da pandemia, a Europa registra 201.723 mortos (2.803.100 casos), Estados Unidos e Canadá 142.335 (3.251.493), América Latina e Caribe 138.337 (3.186.561), Ásia 41.422 (1.658.293), Oriente Médio 19.555 (893.896), África 12.633 (557.308) e Oceania 135 (10.929).

Esse balanço foi feito a partir de dados das autoridades compilados pelos escritórios da AFP, junto a informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Por causa de eventuais correções feitas pelas autoridades ou publicação tardia dos dados, o aumento nos números publicados nas últimas 24 horas pode não corresponder exatamente ao dia anterior.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel