Geral

BA: Médicos prometem em outdoor “cura” da Covid com tratamento precoce

Crédito: Theo Almeida/ Reprodução/ Twitter

Ao menos 30 outdoors defendendo o tratamento precoce para a Covid-19 foram instalados em Feira de Santana (BA) em nome da Associação Médicos pela Vida. Na peça publicitária, o texto afirma que a “Covid tem cura” e sugere que o paciente “procure um médico e peça tratamento precoce”. As informações são do Uol.

O suposto tratamento até hoje não teve a eficácia comprovada por nenhum órgão internacional respeitado. A Organização Mundial da Saúde e o FDA, agência norte-americana que regula medicamentos, desestimulam o tratamento precoce. Membros da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) também já refutarem a existência de tratamento precoce contra a covid-19.

Um dos outdoors instalados em Feira de Santana foi fotografado pelo advogado Theo Almeida, de 55 anos, que divulgou a imagem nas redes sociais. Em entrevista ao Uol, ele contou que estava passando pelo local de bicicleta e que ficou surpreso ao ver a peça.

Ainda segundo Theo, ele ligou para empresa responsável pelos outdoors para tentar descobrir quem bancou a instalação. “Fui informado que foi um médico da cidade que pagou para colocar 15 placas”, afirmou ao Uol.

Leia também: Grupo que faz ivermectina dá suporte a associação de médicos pró-kit-covid


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Conforme a reportagem do Uol, o médico citado pelo advogado é o cirurgião Eduardo Leite, um dos coordenadores dos Médicos Pela Vida. De acordo com Leite, a ideia da mensagem foi criação dele e foi inicialmente divulgada por meio de cartões, que foram distribuídos pela cidade.

“Um empresário me ligou perguntando se eu autorizava fazer outdoor com o cartão. Eu disse que não tinha problema nenhum. Então ele fez um grupo de WhatsApp chamado Unidos pelo Tratamento Precoce e me colocou lá com vários empresários”, explicou o cirurgião.

Ainda segundo o médico, os empresários “fizeram uma cotação entre si com duas empresas de outdoor”. Leite ressalta que a ideia do outdoor não partiu da Associação Médicos Pela Vida. “Como não podiam usar o nosso nome sem autorização, eu disse que tudo bem [usar]. Me perguntaram quanto era a autorização, e eu disse que era de graça”, afirmou o médico.

Em Curitiba (PR), outdoors com uma mensagem parecida em defesa do tratamento precoce também foram instalados por um empresário que procurou Leite. No entanto, em março, o Ministério Público do estado mandou retirar as peças publicitárias.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS