Brasil

Aziz: PEC autorizou o presidente ‘a fazer o que quisesse para salvar vidas’


O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado, Omar Aziz (PSD-AM), avaliou na tarde desta terça-feira, 4, que a proposta de emenda à Constituição (PEC) de Guerra autorizava o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “a fazer tudo o que quisesse para salvar vidas”.

“Tem gente que está gravando vídeo dizendo: olha, o presidente não comprou vacina porque o presidente não aprovou a lei”, rebateu Aziz. O presidente da comissão reforçou as declarações do ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta, o depoente desta tarde, de que o Brasil necessitava ter adquirido mais imunizantes contra a covid-19. Mais cedo, Mandetta disse que se tivesse havia celeridade na compra de vacinas, a segunda onda de contaminações poderia ter sido evitada.

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS