Geral

Avião que caiu com Gabriel Diniz não tinha autorização para táxi aéreo

Crédito: Reprodução/Instagram

A aeronave Piper Cherokee PT-KLO, fabricada em 1974, que caiu  nesta segunda-feira (27) em Sergipe com o cantor Gabriel Diniz e outras duas pessoas, não tinha autorização para fazer voos privados ou táxi aéreo, de acordo com informações do G1.

Segundo a reportagem, o avião poderia apenas fazer voos de treinamento ou de instrução. O monomotor pertence ao Aeroclube de Alagoas.

De acordo com um dos diretores do aeroclube, a aeronave não era utilizada para táxi aéreo ou frete, apenas para instruções.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o avião estava em situação regular.

Tópicos

gabriel diniz