Comportamento

Avião com 22 pessoas a bordo desaparece no Nepal

Avião com 22 pessoas a bordo desaparece no Nepal

Parentes e amigos próximos dos passageiros do avião operado pela desaparecida Tara Air Company choram do lado de fora do aeroporto de Pokhara, no Nepal - AFP

Um avião com 22 pessoas a bordo desapareceu neste domingo (29) numa zona montanhosa do Nepal, anunciou a companhia aérea Tara Air, explicando que as condições meteorológicas complicadas dificultam as buscas.

“Um voo doméstico com destino a Jomsom que decolou em Pokhara (centro-oeste) perdeu contato”, disse à AFP Sudarshan Bartaula, porta-voz da Tara Air.


Havia 19 passageiros e três tripulantes no avião, acrescentou.

“Estamos tentando localizar a área onde o avião pode ser encontrado”, acrescentou Bartaula.

Dois helicópteros foram mobilizados para as operações de busca, que serão difíceis devido à pouca visibilidade, disse Phanindra Mani Pokharel, porta-voz do Ministério do Interior.

“O mau tempo provavelmente atrapalhará a operação de busca. A visibilidade é tão ruim que você não consegue ver nada”, disse Pokharel.

Jomsom é um destino popular para trekkers no Himalaia, a cerca de 20 minutos de voo de Pokhara, que fica a 200 quilômetros a oeste de Katmandu.

O transporte aéreo no Nepal cresceu muito nos últimos anos, graças ao grande número de turistas, grande parte deles amantes da montanha, e também ao comércio em lugares remotos que não podem ser acessados de outra forma.

Mas este pobre país do Himalaia tem um histórico de segurança sombrio devido a pilotos mal treinados e problemas de manutenção de aeronaves.

A União Europeia proibiu todas as companhias aéreas nepalesas de acessar seu espaço aéreo por razões de segurança. O país também tem trilhas muito perigosas, localizadas entre montanhas cobertas de neve.

Em março de 2018, um avião da empresa de Bangladesh US-Bangla Airlines caiu perto do aeroporto de Katmandu, matando 51 pessoas. O acidente mais dramático ocorreu em 1992, quando 167 pessoas perderam a vida quando um avião da Pakistan International Airlines caiu perto do aeroporto de Katmandu. Dois meses antes, um avião da Thai Airways havia caído nessa mesma área, matando 113 pessoas.