Economia

Avianca retomará voos entre Brasil e Colômbia no dia 2 de outubro

A Avianca anunciou nesta sexta-feira, 25, que retomará gradativamente os voos entre Brasil e Colômbia no próximo dia 2 de outubro. A decisão da empresa veio após a autorização das operações aéreas de Bogotá.

De acordo com a companhia aérea, inicialmente vão ser dois voos semanais entre Bogotá e São Paulo, que passarão a quatro operações semanais a partir de 15 de outubro. Até o dia 30 do mesmo mês a empresa espera oferecer sete voos semanais.

No caso da rota Bogotá-Rio de Janeiro, as operações começarão no dia 16 de outubro com dois voos e a partir de 30 de outubro haverá um voo diário.

“O Brasil é um mercado muito importante para a conectividade que oferecemos na América e embora estejamos gradativamente retomando as operações, esperamos que, de acordo com a demanda e na medida que as autorizações dos diferentes governos da região nos permitirem, em breve possamos ampliar a oferta de rotas e conectividade, principalmente na América do Norte e Caribe, que são os destinos mais procurados pelos passageiros brasileiros “, disse, em nota, Nissim Jabiles, Diretor Geral da Avianca para o Brasil, Equador e Peru.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Vídeo do TikTok com mulher sendo empurrada de ônibus viraliza; veja

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar