Brasil

Autor de ataque a Bolsonaro disse que seguia ‘ordem de Deus’

Crédito: Divulgação/ Polícia Militar

O autor do ataque contra Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, disse a policiais que estava cumprindo uma “ordem de Deus”.

A informação é da revista “Piauí”, que cita Luis Boundens, presidente da Federação dos Agentes da Polícia Federal (Fenapef), que conversou com homens que faziam a escolta do candidato.

“Os colegas disseram que ele imediatamente começou a dizer que estava em missão divina, o que levou o pessoal a temer pela integridade psicológica dele”, afirmou.

Faca usada para atacar Bolsonaro em Juiz de Fora (Crédito:Divulgação/PM)