Economia

Austrália anuncia novas medidas de gastos e prevê queda do déficit orçamentário


O secretário do Tesouro da Austrália, Josh Frydenberg, anunciou nesta terça-feira uma série de medidas de gastos no Orçamento do governo para o ano fiscal de 2021/22, com a intenção de impulsionar a economia do país, que já apresenta impressionante recuperação dos efeitos da pandemia de covid-19.

Frydenberg afirmou que o déficit orçamentário de 2020/21 é estimado em 161 bilhões de dólares australianos (US$ 126,05 bilhões), bem abaixo da expectativa do fim do ano passado de que o saldo negativo saltaria para quase 200 bilhões de dólares australianos. Em 2021/22, a projeção é que o déficit se reduza a 106,6 bilhões de dólares australianos.

Apesar da melhora no resultado orçamentário, a previsão é de que a dívida liquida do governo australiano cresça fortemente e atinja um pico de 980 bilhões de dólares australianos em 2025, equivalendo 40,9% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, disse Frydenberg.

Atualmente em 30% do PIB, a dívida líquida da Austrália corresponde a cerca de metade da do Reino Unido e dos EUA e menos de um terço da do Japão.

Em 2021/22, o governo australiano prevê expansão de 4,25% do PIB doméstico.

Veja também
+ Mãe de Eliza Samudio diz que Bruno não paga pensão e que filho do goleiro se sente culpado pelo crime
+ Atriz pornô é encontrada morta nos EUA
+ Influenciadora mexicana é assassinada em encontro falso
+ Baleia 'engole' pescador nos EUA e depois o cospe vivo
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Faustão é internado em hospital de SP
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS