Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

A busca por melhorias estéticas segue em constante ascensão. Para isso, os cuidados devem ir além da skincare e procedimentos invasivos, requerem, também, atenção com a saúde geral. Nesse quesito, algumas técnicas de medicina alternativa, como a auriculoterapia, podem ser grandes aliadas.

+ Fox Wild: conheça a técnica minimamente invasiva de rejuvenescimento do olhar

+ Dermatologista de Paolla Oliveira dá dicas valiosas de cuidados com a pele no inverno

À IstoÉ, Lirane Suliano, especialista em acupuntura e professora de auriculoterapia, explica que a técnica consiste na aplicação de pequenas agulhas finas, sementes de mostarda ou esferas magnéticas em pontos específicos da parte externa das orelhas, a fim de estabelecer o equilíbrio energético do corpo.

Para auxiliar na beleza, a auriculoterapia age no intestino, insônia e controle do estresse, fatores que promovem o envelhecimento e desequilíbrio hormonal. Assim, controlando o surgimento de rugas, linhas de expressão, manchas e acne.

Para melhores resultados, vale aliar a técnica com os cuidados diários com a pele e, se desejar, demais procedimentos estéticos. 

Mais benefícios estéticos

A perda de peso também pode ser oferecida pela prática. “Conseguimos regular o pâncreas com a auriculoterapia. Assim, controla a insulina, agindo contra a compulsão por doces”, pontua Lirane.

Além disso, “atua no pré e pós-operatório de cirurgias estéticas, pois é anti-inflamatória e analgésica, melhorando os edemas e auxiliando na recuperação, sem necessidade de remédios”, conforme a especialista.

Para realizar a técnica não é preciso indicação médica. Contudo, é essencial consultar um profissional capacitado. Além disso, vale alinhá-la com demais práticas de medicina natural.