Economia

Atuação do BCE é capaz de proteger euro de respingos do Fed, diz Guindos

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos, afirmou nesta quarta-feira que, em um mundo financeiramente integrado, a zona do euro não está imune a respingos de choques emanando dos Estados Unidos, mas está convencido de que a sua instituição tem as ferramentas adequadas para proteger a economia da área da moeda comum desses transbordamentos da política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano).

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Para o espanhol, a lucratividade “pesadamente” pressionada dos bancos na zona do euro se deve principalmente a “fragilidades estruturais” que essas empresas do setor financeiro “precisam abordar”, uma vez que representam desafios ao seu ambiente operacional.

Veja também

+Cidadania divulga calendário de pagamentos da extensão do auxílio emergencial

+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

Tópicos

BCE Fed Guindos