ISTOÉ Gente

Atriz de 17 anos acusa produtor artístico de assédio moral e ameaça

Crédito: Reprodução/Instagram

Hugo Rodrigues da Cunha Silva, de 30 anos, foi acusado pela modelo e atriz Juliana Santos, de 17, de assédio moral e ameaça. O boletim de ocorrência foi registrado no 10º DP de São Paulo. A jovem compartilhou um desabafo sobre o que sofreu com o produtor artístico proprietário do Portal H e da Rede H de Televisão, e outras mulheres vieram a público denunciá-lo também.

‘Era uma fortuna’, revela Simone ao contar que desistiu de terapia

Alpes suíços e veleiros são decoração “mágica” para Ibrahim Maalouf no Festival de Jazz de Montreux

Juliana disse no desabafo que foi contatada por Hugo para participar de uma série intitulada “Persona”. Ele chegou até a enviar um script com as falas da personagem para a jovem, que já havia participado de peças publicitárias do Itaú, Havaianas, e outros.

“Estou nesse mercado desde os 8 anos de idade e, apesar de emancipada desde os 16, minha mãe continua me acompanhando em tudo. E foi ela que desconfiou que algo não estava bem, principalmente porque ele entrou em contato comigo pelas redes e não por email, o que geralmente ocorre nesses casos. Mas eu fui teimosa, confiei e acabei passando meu número de telefone. Foi quando ele começou a falar comigo pelo WhatsApp”, começou ela.

A modelo continuou conversando, e Hugo começou a ter um comportamento estranho: perguntava sobre o corpo de Juliana, se ela tinha cicatrizes, estrias ou celulites. Depois ele revelou que a personagem que ela interpretaria iria sofrer um estupro.

“Um dia ele me ligou. Ele percebeu que eu já estava desconfiada. Começou a me bajular, dizendo que eu era linda, carismática, talentosa. Como assim? Ele nunca me viu atuando. E me ofereceu um cachê de R$ 1 mil por episódio da tal série, que teria duração de 20 episódios na primeira temporada. Dei um jeito de desligar educadamente e fui atrás de informações sobre ele na internet”, continua ela, que descobriu que Hugo coleciona processos por assédio e ameaça e até já foi preso.

“Quando ele começou a ligar para mim e me mandar áudios com xingamentos e ofensas, levei um baque. Quando a gente vê esse tipo de coisa acontecer com os outros, a gente já se sente mal. Mas quando é a gente que passa por isso, é mil vezes pior. Eu tremia no dia que fiz o B.O.. Mas agora eu quero Justiça. Que ele seja impedido de continuar fazendo isso com as mulheres. Ele é perigoso, um monstro, quero que seja preso e pague por tudo o que fez. Comigo e com todas as outras vítimas”, completou Juliana.

Reprodução


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua