Mundo

Atrasado, Trump intensifica campanha para um novo mandato nos EUA

Atrasado, Trump intensifica campanha para um novo mandato nos EUA

Donald Trump em Ocala, na Flórida, em 16 de outubro de 2020 - AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, continua neste sábado (17) sua campanha em ritmo frenético para um segundo mandato, percorrendo o país para mobilizar suas tropas e conseguir alcançar o adversário democrata Joe Biden, 17 dias antes das eleições.

Aos 74 anos, o bilionário viaja para o norte do país à tarde para visitar Michigan e Wisconsin, dois estados tradicionalmente democratas nos quais ganhou em 2016, antes de seguir viagem para Las Vegas, Nevada, para a turnê eleitoral pelo oeste a partir de domingo.

Não favorecido pelas pesquisas, com uma pandemia que ultrapassa os 8 milhões de casos nos Estados Unidos e diante das dúvidas que surgem em seu próprio partido, o atual inquilino da Casa Branca está “fazendo seu máximo” para recuperar terreno, afirmou sua porta-voz, Kayleigh McEnany, neste sábado.

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

“A estratégia do presidente Trump é trabalhar pelo voto do povo americano. Por isso estará em dois estados hoje (sábado), terá dois comícios amanhã (domingo) e mais dois no Arizona na segunda-feira”, anunciou McEnany à Fox News.

Como em 2016, Trump faz campanhas intensas com várias viagens diárias.

Na sexta-feira, o republicano esteve na Geórgia e na Flórida, dois estados do sudeste que dificilmente pode se permitir perder caso queira vencer Biden em 3 de novembro.

+ Polícia aborda ambulância com sirene ligada e descobre 1,5 tonelada de maconha

Para mobilizar seus seguidores, o presidente anunciou, apesar das pesquisas, “uma onda vermelha de magnitude nunca vista”, referindo-se à cor dos republicanos.

“Daremos uma derrota retumbante a Joe”, declarou Trump a uma eufórica multidão na Flórida.

Por sua vez, a campanha de Biden, de 77 anos, não tinha nada planejado para este sábado em seu programa oficial.

O candidato democrata ficou na costa leste, em seu reduto de Wilmingon, Delaware, antes de partir no domingo para a Carolina do Norte, outro estado importante.

– “Mentiras e distrações” –

Na sexta-feira, o ex-vice-presidente visitou Michigan, que pretende levar para o campo democrata.

“Tudo o que o presidente Trump tem a oferecer ao povo de Michigan são mentiras e distrações. Nenhum plano para controlar o vírus, nenhuma estratégia para tirar nossa economia desta recessão e nenhuma visão para unificar nosso país”, ressaltou Biden, horas antes da visita do seu rival ao estado.

O veterano político lidera a média nacional das pesquisas com nove pontos percentuais.

Mais importante ainda – embora por uma margem mais estreita – nos principais estados, que podem decidir por um partido ou outro em cada eleição.

Como a Pensilvânia, que Trump venceu por um triz em 2016. Nesse estado, o ex-presidente democrata Barack Obama participará na quarta-feira do seu primeiro evento na campanha democrata.

Mas a disputa está muito mais acirrada do que sugerem as pesquisas, alertou nesta semana o chefe da campanha democrata, Jen O’Malley Dillon, com base em pesquisas internas.

A porta-voz da Casa Branca, McEnany, também denunciou as pesquisas “muito exageradas” neste sábado, destinadas a “moldar a opinião pública em vez de medi-la”.

No entanto, vários republicanos estão abertamente preocupados com uma vitória esmagadora dos democratas.

Ben Sasse, que representa o estado de Nebraska no Senado, chamou nesta semana Trump de líder “medíocre”, em uma gravação divulgada pela imprensa.

Sasse disse temer um “banho de sangue no Senado para os republicanos”, que atualmente são a maioria na câmara alta.

Seus comentários irritaram o presidente, que criticou a conduta “estúpida e odiosa” do senador, em um tweet publicado neste sábado.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar