Geral

Atos pedem liberação da ‘pílula do câncer’

Uma manifestação pela liberação do uso da fosfoetanolamina sintética, conhecida como “pílula do câncer”, reuniu cerca de 30 pessoas no domingo, 29, no portão da unidade da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos, no interior paulista. A fabricação e a distribuição da substância estão suspensas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), após ter sido liberada pela presidente afastada Dilma Rousseff (PT). A decisão, que atendeu a pedido da Associação Médica Brasileira (AMB), ainda terá julgamento definitivo no Supremo.

PiluladoCancer_div_1280x720

Entre os manifestantes, muitos eram familiares de pacientes e defensores do uso da pílula, desenvolvida pelo Instituto de Química da USP.

Os manifestantes estenderam uma faixa pedindo ao STF que reconsidere a decisão. Houve atos pela liberação da substância também em São José dos Campos, na frente do Fórum, e em outros Estados, como Rio Grande do Sul, Paraná e Bahia. No Rio, um grupo estendeu uma faixa na Praia de Copacabana dizendo: “Quem tem câncer tem pressa. Liberem a fosfoetanolamina”.

Os defensores do uso alegam que o composto é a última esperança de pessoas que têm câncer em estágio avançado. Não há data para o julgamento definitivo da ação no STF.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago