ISTOÉ Gente

Ator Terry Jones, do Monty Python, morre aos 77 anos

Ator Terry Jones, do Monty Python, morre aos 77 anos

Terry Jones na 56a. edição do Festival de Cinema de Londres, em 2012 - AFP/Arquivos

O ator Terry Jones, comediante e fundador de Monty Python, morreu aos 77 anos. A informação foi confirmada pela rede britânica BBC. O integrante da famosa trupe de comédia britânica faleceu na noite desta terça-feira (21) ao lado de sua esposa Anna Soderstrom.

Terry travava uma batalha, desde 2016, contra um tipo raro de demência, conhecido como DFT (demência frontotemporal). A família informou que a ator recebeu constantes visitas de amigos e dos familiares próximos.

“Todos nós perdemos um homem gentil, engraçado, caloroso, criativo e verdadeiramente amoroso. Cuja individualidade intransigente, intelecto implacável e humor extraordinário deram prazer a inúmeros milhões de fãs ao longo de seis décadas”, informou a família.

“Seu trabalho com Monty Python, seus livros, filmes, programas de televisão, poemas e outros trabalhos viverão para sempre, um legado adequado para um verdadeiro conhecedor.”

Jones dirigiu diversos trabalhos de comédia, como o filme “A vida de Brian”, de 1979, sobre um homem confundido com o Filho de Deus, o que provocou críticas da Igreja.

O ator também era conhecido por suas performances como mulher na série de televisão “Flying Circus de Monty Python”.

Na nota, a família agradece a equipe médica que cuidou do ator e ressalta a esperança de que um dia seja encontrada a cura para a doença que acometeu Jones.

“Pedimos que nossa privacidade seja respeitada nesse momento delicado e agradecemos que tenhamos vivido na presença de um homem extraordinariamente talentoso, brincalhão e feliz, vivendo uma vida verdadeiramente autêntica”, conclui o comunicado da família.