ISTOÉ Gente

Ator Grant Imahara, de Star Trek e ‘Os caçadores de Mitos’, morre aos 49 anos

Crédito: Reprodução redes sociais

Grant Imahara (Crédito: Reprodução redes sociais)

Após sofrer um aneurisma cerebral, o ator e apresentador de Os Caçadores de Mitos (MythBusters), Grant Imahara, de 49 anos, morreu na última segunda-feira (13).

A morte da engenheiro eletrônico e especialista em efeitos especiais foi confirmada por familiares e pelo Discovery Channel.

“Estamos com o coração partido ao saber desta triste notícia. Ele era uma parte importante da família Discovery e um homem realmente maravilhoso. Nossos pensamentos e orações vão para a família dele”, diz o comunicado postado no Twitter.

Grant atuou no programa entre 2005 e 2014 e apresentou mais de 200 episódios da atração. Amigos do ator também expressaram o sentimento de tristeza com a sua morte.

“Estou perdido. Sem palavras. Fui parte de duas grandes famílias com Grant Imahara nos últimos 22 anos”, publicou  Adam Savage, o qual atuava ao lado de Grant no programa, no Twitter.

“Grant era um engenheiro e artista verdadeiramente brilhante, mas também uma pessoa muito generosa, tranquila e gentil. Trabalhar com Grant era muito divertido. Vou sentir falta do meu amigo”, finalizou.

A repercussão da morte de Grant chegou a ficar entre os assuntos mais comentados do Twitter nos Estados Unidos.

Repercussão da morte de Grant Imahara (Crédito:Reprodução Twitter)

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel