Cultura

Ator de ‘007 Contra A Chantagem Atômica’, Earl Cameron morre aos 102 anos

Crédito: Divulgação

O ator Earl Cameron, que interpretou Dr. Pinder em 007 Contra a Chantagem Atômica, morreu neste sábado, 4, aos 102 anos. A causa da morte não foi divulgada. Nascido em Bermudas, Cameron estreou no filme Pool of London, como protagonista, algo raro para um ator negro na época. O sucesso na televisão e cinema na Grã-Bretanha o levou a contracenar com Sean Connery em 007 Contra a Chantagem Atômica, de 1965.

Entre os trabalhos mais recentes, Cameron fez A Intérprete, com Nicole Kidman e Sean Penn. Em 2010, esteve em A Origem. Ele também atuou na série Doctor Who. Neste ano, o ator comentou sobre a indústria do cinema e séries e artistas negros. “Há muito talento por aí e acho que a indústria cinematográfica britânica prosperaria com eles”, disse.

Veja também

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

Earl Cameron morte