Esportes

Atlético-MG aposta em bom retrospecto do time alternativo para superar o Bahia

De olho na Copa Sul-Americana, o Atlético-MG vai entrar em campo com uma equipe praticamente toda reserva neste sábado, às 11 horas, no Independência, contra o Bahia, em partida que abre a 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A boa campanha da equipe mineira na competição nacional, na qual ocupa o quinto lugar na tabela com 27 pontos, não foi suficiente para que a comissão técnica optasse por um time titular diante dos baianos. É que o duelo de volta das quartas de final do torneio continental, contra o La Equidad, será já na próxima terça-feira em Bogotá, e a proximidade entre as datas prevê uma logística das mais complicadas, devido à longa viagem para a Colômbia.

Assim, o técnico Rodrigo Santana colocará em campo apenas dois jogadores que vinham sendo titulares nas partidas do Atlético: o zagueiro Igor Rabello e goleiro Cleiton. O comandante faz uma aposta no bom retrospecto de seus reservas em partidas anteriores, não só pelo Brasileirão – bateu a Chapecoense por 2 a 1, pela décima rodada -, como em torneios internacionais.

“A equipe alternativa fez um grande jogo na Venezuela (contra o Zamora, pela Libertadores), que a gente precisava ganhar para ir à Sul-Americana. Teve ainda o jogo contra o La Calera, no Chile. Isso nos dá confiança. Daquele time alternativo, hoje o Jair e o Vinícius estão jogando. Mudou um pouco, mas a gente vê o alto nível de atenção e concentração da equipe”, comentou Santana.

Hoje titular da equipe, Vinícius normalmente daria lugar a Luan no setor de criação da equipe. Entretanto, o ídolo da torcida atleticana, líder em assistências no ano pelo time – são oito até o momento -, é a única dúvida para o confronto diante do Bahia.

“Na quarta-feira ele (Luan) treinou muito bem. Ontem (quinta-feira), em um trabalho tático, ele sentiu e saiu antes. Vamos ver se o departamento médico vai liberá-lo para o jogo ou não”, explicou o treinador, que no caso da ausência do atleta deve escalar o volante Zé Welison.

Titular do time, o zagueiro Igor Rabello, por sua vez, seria poupado na partida deste sábado, mas teve de dispensar o descanso devido a uma lesão do substituto imediato Igor Maidana, que sentiu a coxa direita. No gol, Cleiton assumiu a condição de titular do time mesmo com a volta de Victor, recuperado de uma tendinite no joelho que o afastou dos jogos por mais de um mês.