Ediçao Da Semana

Nº 2743 - 19/08/22 Leia mais

Recheada de clássicos, as oitavas de finais da Copa do Brasil começam a ser disputadas nesta quarta-feira. O primeiro jogo está marcado para as 19h, entre Atlético-GO e Goiás, que se enfrentam no estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO). Além da rivalidade, a premiação de R$ 3,9 milhões para quem avançar às quartas coloca ainda mais emoção no principal clássico goiano.

Para chegar às oitavas, o Atlético-GO deixou para trás União Rondonópolis-MT, Nova Venécia-ES e Cuiabá-MT. Já o Goiás passou por Sousa-PB, Criciúma-SC e Red Bull Bragantino. Com as campanhas, os dois já garantiram R$ 7,18 milhões, cada, em premiação.

Nesta temporada, o clássico goiano já foi realizado três vezes. Na final estadual, o Atlético levou a melhor e venceu as duas partidas, por 1 a 0 e 3 a 1, sagrando-se campeão. Já pelo Brasileirão, o Goiás venceu por 1 a 0, no começo de maio.

O Atlético-GO tem um desfalque já esperado, pois o atacante Churín já defendeu o Grêmio. Com isso, Airton será titular. Há expectativa ainda de que Shaylon, recuperado de lesão, seja relacionado.

Jorginho destacou a importância do duelo e pediu para o time não perder o estilo ofensivo. “Será uma final e vamos com sangue nos olhos. Somos uma equipe corajosa, que vai para dentro do adversário e isso não pode mudar.”

O Goiás tem vários retornos em relação à derrota, por 1 a 0, para o Corinthians, em São Paulo pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Reynaldo, Matheus Sales, Caetano e Apodi treinaram normalmente e estão confirmados. Nicolas também pode ser relacionado, mas não deve começar jogando. Sidimar, Marcelo Rangel, Matheusinho, Hugo e Luiz Filipe são desfalques, todos entregues departamento médico.

Jair Ventura também encara o clássico como uma final para o Goiás. “Cada jogo é uma história e vamos encarar como uma final de Copa do Mundo. É assim que eu encaro todos os jogos nos times que trabalho e nesse clássico não será diferente.”