Esportes

Atletas de esqui nórdico são presos por suspeita de integrarem rede de doping

As autoridades da Áustria e da Alemanha detiveram nesta quarta-feira nove pessoas, entre elas cinco atletas que estão competindo no Mundial de Esqui Nórdico, na cidade de Seefeld, em solo austríaco, por suspeita de participarem de uma rede internacional de doping.

A operação antidoping, conduzida pelas autoridades dos dois países europeus, realizou buscas em 16 locais, que resultaram na detenção de dois atletas da Áustria, dois da Estônia e um do Casaquistão, além de outras quatro pessoas – sendo dois médicos – que, alegadamente, faziam parte de uma organização sediada na cidade alemã de Erfurt.

“Este grupo criminoso é fortemente suspeito de ter dopado atletas de grande nível durante anos para aumentar o seu desempenho em competições nacionais e internacionais, ganhando assim receitas ilegais”, explicou a polícia austríaca logo o encerramento da operação nesta quarta-feira.

Os nomes dos atletas envolvidos na operação não foram oficializados pelas autoridades. Além disso, a polícia também revelou que um dos esportistas teria sido pego em flagrante em um hotel usando alguma substância ilegal. Um dos médicos, de 40 anos, seria o chefe da organização criminosa.

O Mundial de Esqui Nórdico, em Seefeld, teve início no último dia 20 e será encerrado neste domingo.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel