Esportes

Atleta de Aruba é carregado até a linha de chegada por adversário no Mundial de atletismo

O corredor de Aruba Jonathan Busby, visivelmente esgotado e perto de desmaiar na pista durante a última volta de sua série da fase eliminatória dos 5.000 metros, terminou a prova graças à ajuda de um adversário, nesta sexta-feira no Mundial da atletismo de Doha.

Braima Suncar Dabo, de Guiné-Bissau, carregou Busby pelos últimos 250 metros da prova, depois de constatar que o adversário não conseguiria cruzar a linha de chegada por força própria.

“Eu só queria ajudá-lo a completar a prova”, declarou Dabo, de 26 anos, com a ajuda de um tradutor diante do interesse da imprensa internacional.

“Eu queria ajudá-lo a cruzar a linha de chegada. Acho que qualquer pessoa nessa situação teria feito o mesmo”, completou o atleta, que vive em Portugal.

Os dois, únicos representantes de seus países no Mundial de Doha, terminaram a prova com péssimos tempos em comparação com os outros atletas da prova dos 5.000 metros, mas arrancaram uma verdadeira ovação do público presente pelo gesto de solidariedade.

Quase cinco minutos antes de Busby e Dabo cruzarem a linha de chegada, o etíope Selemon Barega venceu a série (13:24.69), enquanto que o jovem prodígio norueguês Jakob Ingebrigsten, quarto colocado, se classificou para sua primeira final mundial aos 19 anos.

rg-dr/iga/am