ISTOÉ Gente

‘Atitude machista’, diz assessoria de Mileide Mihaile sobre ataques de Solange Gomes

Crédito: Montagem reprodução Instagram

Mileide Mihaile e Solange Gomes (Crédito: Montagem reprodução Instagram)

Após Solange Gomes atacar Mileide Mihaile durante uma dinâmica de discórdia em “A Fazenda 13”, da Record TV, que aconteceu na noite de ontem (05) em que ela citou sobre a pensão que a influenciadora recebe de Wesley Safadão para o seu filho, Yhudy, a assessoria se pronunicou por meio de uma nota à imprensa.

No comunicado, a equipe de Mihaile diz que as falas da ex-banheira do Gugu foi uma “atitude machista”.


Veja a nota na íntegra:

“A família da influenciadora e empresária Mileide Mihaile, atual participante do reality show “A Fazenda”, vem a público se pronunciar sobre uma onda de comentários infundados e de cunho machista feitos pela participante Solange Gomes e ex-participante Dayane Mello, entre a última sexta-feira e este domingo (05), referentes a pensão alimentícia e envolvimento de Mileide com o pai de seu filho, Wesley Oliveira da Silva, conhecido nacionalmente como o cantor Wesley Safadão.

Em nenhum momento de sua vida Mileide se envolveu em um relacionamento por interesse. Quem a acompanha nas redes sociais e dentro do próprio programa, enxerga claramente uma conduta limpa e caráter preservado. Mileide é uma pessoa que é fiel com seus sentimentos, emanando afeto e carinho em todas suas atitudes. Apontar que seu primeiro e único casamento foi com intenções voltadas para fama e dinheiro é completamente equivocado e ofende a reputação de Mileide. Tanto que, é de conhecimento público que no momento em que se conheceram, em 2005, Wesley compartilhava da mesma situação financeira de Mileide, derrubando qualquer especulação mal intencionada quanto a esta união.

Sobre os assuntos voltados para a pensão alimentícia, é importante ressaltar que ela não é um capricho ou uma forma de enriquecer, ela é um direito previsto e cedido pela lei! Questionar a credibilidade do destino da quantia financeira em questão é uma atitude machista que põe em xeque a própria razão da existência do direito civil. Todo dinheiro recebido sempre foi e continuará sendo destinado exclusivamente ao filho de Mileide, o pequeno Yhudy, de onze anos. A quantia, assim que depositada, é direcionada para uma conta poupança que será liberada para Yhudy assim que completar 18 anos de vida.

Desde sua adolescência, Mileide batalhou por sua independência financeira, migrando para Fortaleza e seguindo seu sonho de ser bailarina de grandes bandas de forró. Por cerca de duas décadas, Mileide trabalhou incansavelmente para dar a melhor condição de vida possível para toda sua família, como sua mãe, Doralice, e seus parentes que ainda residem no estado do Maranhão. Sua participação no reality é a prova viva deste fato. Mileide busca o grande prêmio final por seu filho, sua mãe, seus avós, e o restante de sua família. Sua luta representa todas as mulheres que seguem batalhando pelo direito de ter sua voz ouvida e seu nome reconhecido, independentemente dos julgamentos de uma sociedade que insiste em diminuí-las”.