Esportes

Athletico vence o Libertad e pode até empatar na última rodada para avançar na Libertadores

Vitória contra paraguaios deixa o Furacão em situação confortável. Time paranaense precisa apenas do empate para avançar na classificação

Athletico vence o Libertad e pode até empatar na última rodada para avançar na Libertadores

O Athletico-PR venceu o Libertad por 2 a 0, gols de Cuello e Canobbio, na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, em jogo válido pela 5ª rodada da Copa Libertadores da América. Com o resultado, o Furacão soma 7 pontos, assume a segunda posição na tabela e chega à ultima rodada do Grupo B precisando apenas de um empate para se classificar para as oitavas de final.


Botafogo ultrapassa Fluminense: saiba os clubes do Brasil com mais sócios-torcedores

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

O time paraguaio tem o mesmo número de pontos do Athletico e, assim como os paranaenses, só precisa de um empate no último jogo para seguir no torneio.

Pela última rodada da fase grupos da Libertadores, o Libertad enfrenta o The Strongest, no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção. Já o Athletico-PR pega o Caracas, na Arena da Baixada, em Curitiba. Ambas as partidas serão realizadas no dia 26 de maio.

LIBERTAD COMEÇA MELHOR, MAS SEM ASSUSTAR
Mesmo fora de casa, o Libertad iniciou bem a partida, fazendo pressão na defesa do Athletico-PR. No entanto, mesmo mostrando superioridade, o time paraguaio não conseguiu levar muito perigo ao gol do arqueiro Bento, do Furacão.

ATHLETICO-PR FICA MAIS COM A BOLA, LIBERTAD SE DEFENDE
A pressão do Libertad durou pouco. Com o passar dos minutos, o Athletico-PR foi tomando conta da partida. No entanto, apesar da superioridade na posse de bola, o Furacão não conseguiu furar a defesa do time paraguaio.

FURACÃO CONTINUA EM CIMA, MAS NÃO ACERTA O GOL
O Furacão permaneceu melhor no jogo até o fim do primeiro tempo, mas levou pouco perigo à meta do goleiro Martín Silva. As chances mais perigosas construídas pelo time do Athletico-PR foram em duas finalizações de Cuello, mas ambas para fora.

ATHLETICO-PR ABRE O MARCADOR
A etapa complementar começou muito truncada e sem os dois times criar lances de perigo. Só mesmo um chute de fora da área ou alguma jogada individual para mudar o panorama da partida. E foi justamente isso o que aconteceu aos 10 minutos.

Cuello pegou a bola pelo lado direito e bateu direto para o gol (ou foi cruzar?). A bola encobriu o goleiro Martín Silva, do Libertad, e entrou. Um golaço para o Athletico-PR abrir o marcador na Arena da Baixada: 1 a 0.

FURACÃO AMPLIA
O gol contagiou a torcida e os jogadores do Athletico-PR, enquanto o time do Libertad deu sinais claros de que sentiu o golpe. O Furacão se aproveitou do momento de instabilidade do time paraguaio e ampliou. Aos 23, em lance de contra-ataque, Terans achou um belo passe para Canobbio, que bateu na saída do goleiro Martín Silva: 2 a 0.

MUITO EMPURRA-EMPURRA, POUCO FUTEBOL E VITÓRIA DO FURACÃO
O segundo gol do Athletico-PR praticamente liquidou a partida. Daí em diante, os jogadores passaram a mais procurar confusão do que jogar. Em duas situações, o árbitro precisou paralisar o jogo para distribuir cartões e controlar os ânimos.

Futebol mesmo só no fim do jogo, quando o time paraguaio tentou, na base do abafa, diminuir o prejuízo, mas o goleiro Bento conseguiu fazer boas defesas e garantir que o Furacão não fosse vazado.