Esportes

Athletico-PR joga na Bolívia em busca da classificação antecipada na Libertadores

O Athletico-PR pode assegurar nesta quarta-feira a classificação antecipada para as oitavas de final da Copa Libertadores. Com três vitórias consecutivas, o time de Tiago Nunes enfrenta o Jorge Wilstermann no estádio Félix Capriles, às 19h15 (horário de Brasília), na cidade de Cochabamba, na Bolívia. Os brasileiros precisam vencer para avançar sem se preocupar com o resultado do outro jogo do Grupo G, mas pode confirmar a vaga até mesmo perdendo nesta quinta rodada.

Com nove pontos, o Athletico-PR é líder do grupo, enquanto o Jorge Wilstermann é o lanterna sem nenhuma vitória, com apenas dois pontos. Se ganhar, o time garante a classificação, mas se empatar ou perder na Bolívia vai ter de torcer para que o Tolima, que tem quatro pontos, não vencer o Boca Juniors, com sete, no Manuel Murillo Toro, na Colômbia, também na quarta-feira, mas a partir das 21h30.

Tiago Nunes vai ter alguns problemas para escalar o Athletico. O zagueiro Thiago Heleno tem uma “limitação fisiológica” e não pode atuar na altitude de 2.600 metros de Cochabamba. Ele nem viajou com o grupo para a Bolívia. Assim, Paulo André deve começar o duelo em campo. Lucho González também está vetado com uma lesão na panturrilha e Madson ainda se recupera de um problema na coxa. Por isso, Léo Cittadini e Tomás Andrade disputam uma vaga no time.

Para o Jorge Wilstermann o jogo tem clima de decisão. Sem chances de título no Campeonato Boliviano, a diretoria demitiu o técnico Miguel Ángel Portugal na segunda-feira e espera que uma troca no comando motive os jogadores diante do Athletico-PR. O argentino Norberto Kekez vai ser o interino. Na lanterna do grupo, o clube ainda sonha com a chance de obter uma vaga nas oitavas de final, mas para isso não pode desperdiçar pontos em casa.