Esportes

Athletico enfrenta América querendo ser protagonista no Brasileirão


Dividindo as atenções com o Campeonato Paranaense e com a Copa Sul-Americana, o Athletico iniciará também a trajetória no Brasileirão diante do América Mineiro neste domingo, às 18h15, na Arena da Baixada. Ambas as equipes entram com expectativa em alta. O time rubro-negro quer uma vaga ao menos na próxima edição da Copa Libertadores, enquanto que seu rival ficaria satisfeito com um lugar na sul-americana.

De altos e baixos, o Athletico terminou o campeonato passado na nona posição, enquanto o América foi vice-campeão da Série B. O time mineiro também é vice-campeão estadual, enquanto o clube rubro-negro disputa o Paranaense com a equipe Sub-23. Na Sul-Americana, no entanto, teve a segunda melhor campanha da primeira fase, atrás apenas do Grêmio.

Após avançar com facilidade às oitavas de final da Copa Sul-Americana, o Athletico quer novamente ser protagonista no Brasileirão. Por isso, o técnico português António Oliveira deverá colocar em campo o que tem de melhor para o duelo contra o América Mineiro. Os desfalques ficam por conta do zagueiro Lucas Halter e do volante Erick.

Com isso, a dupla de zaga do time rubro-negro será formada por Pedro Henrique e Thiago Heleno, enquanto que Christian será a novidade no meio de campo, que deverá ter ainda Richard e o veterano Jadson, um dos líderes do elenco, ao lado do atacante Nikão.

A principal novidade deverá ficar no banco de reserva. Destaque do Peñarol, Terans, que pertencia ao Atlético Mineiro, foi adquirido pelo Athletico e já está inscrito no Boletim Informativo Diário da CBF, o BID. A expectativa, no entanto, é que entre apenas no segundo tempo do duelo. “Estamos em uma crescente. Os jogadores estão cumprindo claramente o objetivo que foi estipulado a eles e os resultados estão aparecendo. Tivemos a melhor campanha e a defesa menos vazada da Sul-Americana. Precisamos seguir com esse nível no Brasileirão para conquistar grandes coisas”, disse o treinador.

O técnico Lisca terá um reforço importante para o duelo. É o lateral Alan Ruschel, sobrevivente do fatídico acidente aéreo da Chapecoense, foi inscrito no Boletim Diária da CBF, o BID, e poderá estrear.

A lateral-esquerda vem sendo um problema para Lisca. João Paulo ainda se recupera de lesão, enquanto Marlon não é unanimidade. Alan Ruschel, então, ganha forças para iniciar o duelo entre os titulares. A outra dúvida é no ataque entre Ademir e Bruno Nazário. O primeiro deverá seguir entre os titulares.

A certeza é que Lisca não poderá contar com o meia Gustavo, com um estiramento no ligamento do dedão do pé esquerdo, e os atacantes Luis Fernando, com problema no adutor da coxa direita, e Marcelo Toscano, com uma lesão na coxa esquerda.

O América entrará na competição com a expectativa em alta após o vice-campeonato mineiro em dois jogos acirrados contra o Atlético. O time, comandado pelo técnico Lisca, sonha ao menos com uma vaga na Copa Sul-Americana em 2022. “Estou muito feliz pelo momento do América. Vamos entrar em uma competição muito difícil e equilibrada. Esse primeiro jogo é de suma importância por ser a estreia. Precisamos iniciar bem para poder competir por objetivos maiores dentro do torneio”, falou o zagueiro Anderson Jesus.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago