Mundo

Atentado suicida em prédio oficial mata quatro no Afeganistão

Atentado suicida em prédio oficial mata quatro no Afeganistão

Vista de um edifício oficial atacado em Jalalabad, Afeganistão, 18 de setembro de 2019 - AFP

Quatro civis morreram e outros 12 ficaram feridos nesta quarta-feira (18), depois que um homem-bomba detonou sua carga explosiva em um prédio oficial da cidade afegã de Jalalabad (leste), informou um porta-voz do governador da província de Nangarhar, Ataullah Khogyani.

“O ataque de Jalalabad terminou nesta noite. As forças de segurança mataram três atacantes. Quatro civis morreram e doze ficaram feridos”, anunciou o porta-voz do ministério do Interior, Nasrat Fahim.

O ataque aconteceu na primeira hora da tarde. “Um homem-bomba atacou dentro de um centro de documentação eletrônica. As forças de segurança estão na área para ajudar os funcionários”, disse um porta-voz do governo na província.

Vários criminosos entraram no edifício e as forças de segurança tentaram retomar o controle, explicou um porta-voz de governo da província, Ataullah Khogyani.

Testemunhas afirmaram que ouviram tiros no local pouco depois da explosão. O ataque, que aconteceu um dia depois de dois atentados em Cabul e na província de Parwan, não foi reivindicado até o momento.

“Cerca de 200 pessoas”, entre elas 80 trabalhadores, estavam dentro do edifício no momento do ataque, disse Haji Qudrat, um funcionário que ficou ferido na perna.

“Após a explosão, ouvimos disparos de armas de pequeno calibre nos corredores, e um homem entrou em nosso escritório com uma pistola e começou a disparar”, relatou.

“Pulei pela janela, mas alguns de nossos amigos foram assassinados ou ficaram feridos”, declarou à AFP.

Os atentados de terça-feira foram reivindicados pelos talibãs, que prometeram fazer o possível para impedir as eleições presidenciais previstas para 28 de setembro.

Jalalabad é a capital da província de Nangahrar – fronteiriça com o Paquistão -, onde os talibãs e o grupo Estado Islâmico (EI) são muito ativos.