Geral

Associação lança plataforma de denúncia de violência contra médicas


A Associação Médica Brasileira (AMB) lançou uma plataforma para receber denúncia de casos de violência contra mulheres médicas.

O mecanismo foi disponibilizado no site da entidade.

As profissionais de saúde podem denunciar qualquer tipo de violência sofrida, seja física, psicológica ou por assédio ou discurso de ódio praticado pela Internet. Também podem ser reclamados ataques sexistas, racistas e outras ofensas.  

Entre as práticas que podem ser objeto de queixa estão também desrespeito a direitos, como formas de discriminação no trabalho, preconceito de gênero em processos de contratação e remuneração desigual a de homens para funções iguais.

Para fazer a denúncia é preciso colocar dados pessoais como nome, e-mail, telefone de contato, registro profissional no respectivo conselho regional de medicina, município e estado e instituição onde trabalha.


+ Após cobertura ser arrematada em leilão, Carlinhos Mendigo se recusa deixar propriedade
+ Mulher desaparecida é encontrada dentro de cobra píton
+ Furão é estrela de vídeo que recria cenas do filme Ratatouille



As denúncias recebidas serão analisadas pela equipe responsável pelo projeto na AMB. Segundo o site oficial, as denúncias serão encaminhadas a “esferas pertinentes”.

Veja também

+ Receita simples de bolo Red Velvet
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS