Farol ISTOÉ

Assessor de Palocci usou escritório de advogado como “banco” para Lula

Assessor de Palocci usou escritório de advogado como “banco” para Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva AFP/Arquivos

O ex-ministro Antonio Palocci, que fez delação premiada e entregou todos os petistas envolvidos no esquema de propinas dentro dos governos do PT, disse à Polícia Federal que seu ex-assessor, Branislav Kontic, teria usado o escritório do advogado José Roberto Batocchio “para armazenar fisicamente recursos em espécie” destinados em parte ao “custeio do Instituto Lula”. Como se sabe, Kontic era usado por Palocci para transporte dinheiro em espécie da Lula. Certa vez, segundo Palocci, ele levou um pacote de dinheiro em espécie para Lula dentro do próprio Instituto Lula. A Odebrecht, de acordo com Palocci, de uma só vez destinou R$ 4 milhões para o Instituto Lula. Foi graças à essas propinas que o Instituto Lula nadou de braçada até recentemente. Depois que Lula foi preso, o instituto caiu em desgraça e hoje não consegue nem pagar os funcionários em dia. Muitos deles deixaram a entidade e foram trabalhar em gabinetes de deputados petistas, tanto federais quanto estaduais. Como Lula não consegue mais falar com empreiteiros para fazerem doações ao Instituto, a entidade está em processo falimentar, quase fechando as portas.

Tópicos

Lula Palocci