As pizzas bolsonaristas custam uma fortuna, sejam comidas em pé ou sentado

As pizzas bolsonaristas custam uma fortuna, sejam comidas em pé ou sentado

Bolsonaro e ministros comem pizza em calçada na cidade de Nova York


A expressão ‘tudo acaba em pizza no Brasil’ não poderia ser mais adequada para o clã das mansões milionárias e rachadinhas. Afinal, Flavinho Wonka, o recordista em venda de panetones – sempre em dinheiro vivo!! – fora de temporada, continua com o seu inquérito/investigação/processo (sei lá o nome adequado dessa porcaria) ‘indo e voltando’ das prateleiras empoeiradas da ‘Justiça Seletiva’ dos ricos e poderosos.

Enquanto nada se decide a respeito das rachadinhas, ou melhor, crime de peculato, em tese, cometido pelo bolsokid, que comprou uma mansão de 14 milhões de reais por apenas 6 milhões, seu irmão mais novo – aquele com cara de galã canastrão de novela mexicana – aprendeu o caminho do Setor de Mansões do Lago Sul, em BSB, e se mudou com a mãe para uma. O ‘aluguel’ custa 3 mil reais! Então, tá, né?

Ao mesmo tempo, a ex-cunhada, ou seria a ex-mulher?, ex-assessor, ex-bombeiro – é tanto ‘ex’ que já nem sei mais ‘quem é quem’ nessa história toda – acusou o ‘mito’ de empregá-lo em seu gabinete de deputado federal e surrupiar-lhe 80% do salário. E sobrou também para o outro bolsokid, o arruaceiro digital que se finge de vereador no Rio de Janeiro. É outro às voltas com acusações de rachadinhas.

PIZZA EM NEW YORK

Nova York é simplesmente maravilhosa. E pródiga em muitas coisas. E a pizza que fazem por aqui, na boa, só encontramos igual nas melhores casas de São Paulo. Os caras mandam bem demais! Não é à toa que o amigão do Queiroz e aquela comitiva inútil correram para uma das melhores pizzarias em Manhattan – ilha que, ao lado de mais quatro distritos, forma a única e espetacular Big Apple.

Daí, felizes e sorridentes, deram com a cara na porta, hehe. Ou melhor, deram com a cara na cara do porteiro: ‘Comprovante de vacina, por favor’. Resultado: negacionista e puxa-sacos… barrados no baile! Tiveram de comer em pé, do lado de fora, como se pestilentos fossem, e, cá entre nós, potencialmente ao menos, um ou outro são, pela falta de vacinação, de uso de máscara e exposição exagerada à aglomerações.

Tentando fazer do limão uma limonada, o devoto da cloroquina posou de simples, de ‘gente como a gente’, que vai a Nova York e não frequenta restaurantes luxuosos às custas do povo miserável – como fizeram à exaustão os cleptocratas lulopetistas. Só que nada mais falso! Estão em hotel caríssimo e todos ali faturam ‘diárias’ extras em viagem ao exterior. Sim. Além dos salários, recebem, digamos, uma ajuda de custo.

Ou seja, a versão que circula nas redes da gadolândia, de que o ‘mito’ economiza a nossa grana comendo pizza em pé nas ruas, é mais uma mentira. A verdade é que o não-vacinado foi barrado! E seus convivas só poderão jactar-se da falsa moralidade se devolverem o ‘troco’ das diárias. Explico: se ganham 200 dólares por dia para se alimentar e gastaram apenas, sei lá, 50 dólares, que nos restituam a diferença. Do contrário, muito longe de probos, são apenas meros sovinas, isso sim.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio


Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.