Esportes

Artilheiro do Fluminense no Carioca Sub-20, Luan Brito assina primeiro contrato profissional

Jovem de 18 anos tinha vínculo amador com o clube e assina até o final de 2022; multa chega a 30 milhões de euros

Artilheiro do Fluminense no Carioca Sub-20, Luan Brito assina primeiro contrato profissional

O Fluminense assinou o primeiro contrato profissional com mais um jogador criado em Xerém. Nesta segunda-feira foi a vez do atacante Luan Brito, de 18 anos. O vínculo anterior era amador e o novo é váçido até o fim de 2022. A multa rescisória do atleta é no valor de 30 milhões de euros (cerca de R$ 200 milhões na cotação atual) para o mercado exterior.

Luan foi artilheiro do Flu no Campeonato Carioca sub-20, com três gols, assim como Gabriel Conceição. O jovem chegou ao Fluminense em 2018 após passagens pelo Flamengo e pelo Barra da Tijuca, mas sofreu uma grave lesão no joelho.

Através das redes sociais, o jogador comemorou a assinatura do novo contrato.

– Feliz e motivado pra essa nova etapa! Contrato renovado, primeiramente agradecer a Deus, minha família e ao Fluminense que sempre confiou no meu trabalho – escreveu.

O atacante é filho de Marco Brito, que jogou no profissional do Flu de 1997 a 2001 e depois em 2002. Neste ano, Luan Brito atuou em nove partidas, sendo três no Brasileirão e seis no Estadual.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Honda apresenta a Rebel CMX1100 para bater de frente com a Harley-Davidson
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel