Esportes

Arsenal supera mau início e faz 5 a 0 em time da 5ª divisão na Copa da Inglaterra

O sonho do Lincoln terminou de maneira amarga nas quartas de final Copa da Inglaterra. Neste sábado, jogando fora de casa, o time da quinta divisão nacional até segurou o Arsenal no primeiro tempo, mas caiu de produção na etapa final, foi atropelado e perdeu por 5 a 0.

A classificação às semifinais em parte minimiza a pressão sobre o técnico Arsène Wenger, muito contestado após o Arsenal ser massacrado nas oitavas de final da Liga dos Campeões, quando perdeu para o Bayern de Munique por um placar agregado de 10 a 2.

E a má fase do Arsenal parecia que só pioraria neste sábado. Mesmo diante de um time da quinta divisão, em casa, a equipe sofreu para criar no primeiro tempo e irritou sua torcida. O gol que daria tranquilidade só saiu aos 46 minutos, quando Theo Walcott aproveitou troca de passes e concluiu para as redes.

Em desvantagem e pior preparado fisicamente, o Lincoln ruiu na etapa final. O Arsenal, então, se aproveitou, apresentou bom toque de bola e construiu a goleada com tranquilidade. Giroud, Alexis Sanchez e Ramsey, além de Luke Waterfall, contra, completaram o placar.

Ainda neste sábado, o Manchester City superou o Middlesbrough por 2 a 0, fora de casa, e também se garantiu nas semifinais da Copa da Inglaterra. As quartas seguem neste domingo, com Tottenham x Millwall, e na segunda, com o clássico Chelsea x Manchester United.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Hamilton bateu de novo em Albon; veja memes da F1
+ Pandemia adia cirurgia e saúde de Schumacher piora
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior