Economia

Arrecadação de março e do 1º trimestre tem os melhores resultados desde 1994


A arrecadação de tributos federais apresentou, em março e no primeiro trimestre, os melhores desempenhos para os dois períodos já registrados na série histórica da Receita Federal, que tem início em 1994. Inicialmente, o órgão havia divulgado uma série menor, com início em 2007. Na sequência, porém, informou que os dois dados são recordes também analisando os resultados desde 1994.

A arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 137,932 bilhões em março. O resultado representa um aumento real (descontada a inflação) de 18,49% na comparação com o mesmo mês de 2020.

Em relação a fevereiro deste ano, houve aumento de 6,98% no recolhimento de impostos.

O resultado das receitas superou todas as expectativas na pesquisa do Broadcast Projeções, cujo intervalo ia de R$ 109,85 bilhões a R$ 128,86 bilhões, com mediana de R$ 122,40 bilhões.

No acumulado do ano até março, a arrecadação federal somou R$ 445,900 bilhões. O montante ainda representa um avanço real de 5,64% na comparação com os primeiros dois meses de 2020.

Veja também
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago