Geral

Arma é segurança, é vida e não mata, diz Bolsonaro

Arma é segurança, é vida e não mata, diz Bolsonaro

Presidente Jair Bolsonaro


Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender nesta quinta-feira o armamento da população brasileira após comentar, em sua tradicional live semanal, que o artefato pode proteger contra a “bandidagem” que está armada.

“Uma arma é sua defesa, será que você não se garante? Arma protege a sua vida, sua família”, disse.

“Arma é segurança, é vida e arma não mata, quem mata é o elemento que está atrás dela”, reforçou.

O presidente destacou que não alterou o Estatuto do Desarmamento, mas editou decretos para, em suas palavras, dar “mais meios para que a pessoa possa ter arma”.

Parte dos decretos que Bolsonaro editou flexibilizando o acesso a armas foi suspenso por decisão do Supremo Tribunal Federal.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5G1JK-BASEIMAGE

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago