ISTOÉ Gente

Arlete Salles fala sobre preconceito durante relacionamento com Tony Tornado

Crédito: Reprodução/Instagram

Convidada do “Conversa com Bial” da madrugada deste sábado (12), Arlete Salles abordou um assunto muito importante. A atriz contou sobre a época em que namorou e casou com Tony Tornado, e que os dois sofriam muito preconceito por terem um relacionamento interracial.

Cleo aparece maravilhosa em cliques no Instagram e seguidores ficam babando

Fiuk e Gil do Vigor se beijam em novo clipe do cantor

“Eu completamente despreparada e até ingênua para viver um percurso desses. Mexer com preconceito é uma coisa muito difícil. O preconceito tem uma violência insuspeitável para quem nunca viveu”, começou. “Quando eu vi, estava no meio daquele furacão. Sendo achincalhada, ofendida e humilhada. Fui ficando trôpega e assustada De repente aquela história não era mais minha, as pessoas se tornaram donas daquela história”, continuou Arlete.

As críticas eram ainda maiores pois Arlete se divorciou de Lúcio Mauro e começou a namorar com Tony Tornado. “Isso foi um álibi perfeito para os racistas porque foi para o lugar da moralidade: ‘ela está abandando uma família para seguir com um amante’. Aí bateram mais, sofri muito nesse momento”, finalizou.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio