Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Um homem que já foi preso por perseguir Ariana Grande foi preso no último domingo (26) após invadir a mansão da cantora em Montecito, na Califórnia (EUA). As informações são do site TMZ.

Aharon Brown já havia sido preso em setembro do ano passado após aparecer com uma faca na residência da cantora em Los Angeles ameaçando a cantora e seu segurança. “Eu vou matar você e ela”, teria dito o homem na época.

O stalker da cantora foi preso naquela ocasião e um juiz emitiu uma ordem de restrição proibindo-o de se aproximar de Ariana, mas o homem a descumpriu no domingo, no dia em que a cantora completou 29 anos.

Ainda segundo o TMZ, fontes próximas à cantora revelaram que ela não estava em casa no momento, mas que o alarme de segurança de sua casa disparou e a polícia chegou ao local e efetuou a prisão de Aharon Brown.

Ele está preso, acusado de perseguição, roubo, danos a linhas de energia, violação de ordem judicial e obstrução.