Em Cartaz

Ariana Grande é a rainha do pop

A cantora conquista o topo das paradas mundiais com o álbum “Thank U, Next” e toma o lugar de Lady Gaga e Madonna

Crédito: Chris Pizzello

Ariana Grande embrulha o pacote sonoro e comportamental mais completo da música popular atual. No início de janeiro, a cantora e compositora de 25 anos se tornou a rainha do R&B Pop. Substituiu Lady Gaga — que, por sua vez, tomou a coroa de Madonna. Como as antecessoras, Ariana vem de uma família de origem italiana de Nova York e tem uma grande voz. Seus agudos cheios de melismas sugerem o canto das sereias. Ela também exibe o poder de inovar e enviar mensagens a seu público. Por fim, encarna a jovem atual, que soma inocência, feminismo e a sensualidade de uma lolita kawaii. Em seu quinto álbum de estúdio, “Thank U, Next” (Universal-Republic Records), Ariana fornece o modelo cobiçado pelos fãs: canções dançantes movidas a arranjos eletrônicos. Para tanto, chamou os mestres produtores Tommy Brown, Michael Foster, Max Martin e Happy Perez. Resultado: o álbum ocupa o primeiro lugar e cinco músicas figuram na lista The Hot 100 da Billboard — marco só alcançado antes pelos Beatles em março de 1964. O álbum conjuga R&B, hip-hop e pop coreano. É um produto que pode ser consumo no mundo todo sem causar estranheza.

5 hits na lista Hot 100

1º – “7 Rings”
Bateu o recorde no YouTube em 24 horas: 50,3milhõesde visualizações

2º – “Break up with your girlfriend. I’m bored”
Marco histórico feminino: Ariana destronou seu single, “Thank u, next”, nas paradas britânicas

3º – “Thank u, next”
Com a canção, Ariana chegou pela primeira vez ao topo das paradas na América do Norte

14° – “Needy”
A canção mais sensual da carreira da cantora chegou em novembro de 2018 ao alto das listas mundiais

21º – “Imagine”
Balada em ritmo de trap (rap sulista sincopado), lançada no Instagram, sobre namoros infelizes

 

 

Tópicos

Ariana Grande