Esportes

Argentina pede adiamento de amistosos contra o Brasil pelo futebol feminino

A AFA (Associação do Futebol Argentino, na sigla em espanhol) pediu o adiamento dos amistosos que seriam realizados contra a seleção brasileira feminina em 27 de novembro e 1.º de dezembro. Os confrontos aconteceriam na Neo Química Arena e no estádio do Morumbi, ambos em São Paulo, e agora devem ser remarcados para 2021.

Foi divulgado um comunicado explicativo sobre os motivos que levaram a Argentina a pedir que os duelos ocorressem em nova data. Segundo a federação argentina, a maioria das atletas convocadas pelo técnico Carlos Borrello atuam no futebol europeu, que tem experimentado um crescente número de infecções por covid-19.

Assim, foi decidido que os amistosos serão realizados quando o contexto sanitário permitir a retomada das atividades da seleção. A CBF concordou com a decisão e acatou o pedido da rival.

A situação da seleção brasileira não é muito diferente da argentina. Entre as 25 convocadas pela técnica sueca Pia Sundhage, 13 atuam no futebol estrangeiro. Esta seria a última oportunidade da equipe feminina entrar em campo neste ano. Em março, o Brasil participou de um torneio amistoso que envolveu França, Holanda e Canadá. Desde então, houve apenas duas convocações (em setembro e outubro) para períodos de treinamento.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel