Economia

Argentina ganha apoio europeu para negociações da dívida com FMI

Argentina ganha apoio europeu para negociações da dívida com FMI

Nesta imagem disponibilizada pelo La Moncloa (Ministério da Presidência da Espanha), o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sanchez (R), encontra-se com o presidente argentino Alberto Fernandez no Palácio de Moncloa, em Madri, em 11 de maio de 2021 - LA MONCLOA/AFP


Depois de Portugal, a Espanha apoiou a Argentina nesta terça-feira (11) em seus esforços, devido à enorme dívida que tem com o Fundo Monetário Internacional (FMI), durante uma viagem do presidente argentino, Alberto Fernández, à região.

Na segunda etapa de sua viagem pela Europa, na capital espanhola, o líder peronista de 62 anos se encontrou com o rei Felipe VI e, depois, com o presidente do governo, o socialista Pedro Sánchez.

Este último anunciou que corresponderá com uma viagem em 8 e 9 de junho à Argentina, à frente de uma delegação de ministros e empresários. Neste sentido, Sánchez destacou a “extraordinária saúde e vigor” das relações com o país sul-americano, do qual a Espanha é o principal parceiro comercial da União Europeia e o segundo investidor estrangeiro atrás dos Estados Unidos.

O presidente argentino agradeceu pelo apoio que a Espanha “tem nos dado continuamente em nossas propostas (…) em face da imensa dívida que nosso governo herdou” da administração anterior do liberal de direita Mauricio Macri (2015-2019).

Em Lisboa, primeira etapa da viagem à Europa para angariar apoio para seu plano de adiar o pagamento da dívida com o FMI e com o Clube de Paris, Fernández recebeu um incentivo do governo português.

Também visitará Paris e Roma, onde terá uma audiência com seu compatriota papa Francisco, na Santa Sé.

Em lenta negociação sobre os termos do gigantesco empréstimo, a Argentina deve pagar nos próximos três anos quase todos os quase US$ 45 bilhões emprestados pelo FMI ao governo Macri, para evitar, em 2018, um colapso financeiro e um calote dos principais títulos do governo em dólares.

+ Sabrina Sato aparece com micro biquíni e surpreende seguidores

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Ele também deve enfrentar um vencimento de US$ 2,4 bilhões este ano com o Clube de Paris.

– Financiamento e vacinas –

Diante do golpe que a pandemia do coronavírus causou nas economias, Pedro Sánchez lembrou que seu governo defende “a abertura de canais de financiamento internacional” de organismos multilaterais “para países de renda média”, como a Argentina.

Ele frisou ainda que seu governo aprovou, nesta terça-feira, um plano para dinamizar as exportações e os investimentos estrangeiros da Espanha, afetada pela pandemia. Este plano pode mobilizar cerca de US$ 5,6 bilhões em dois anos e, nele, “colocamos a América Latina e, em particular, a Argentina” como destinos prioritários.

Ambos os líderes concordaram em pedir a liberação das patentes de vacinas para enfrentar a pandemia, que afetou fortemente Espanha e Argentina.

A Espanha também continuará a promover a ratificação do acordo comercial bloqueado entre a União Europeia (UE) e o Mercosul, conforme o Ministério das Relações Exteriores, em comunicado divulgado após encontro entre o ministro espanhol, Arancha González, e seu homólogo argentino, Felipe Solá.

Concluído em 2019 após mais de 20 anos de negociações, o acordo busca criar um mercado de 750 milhões de consumidores entre os 27 países da UE e o Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai). Sua ratificação foi retida, porém, por preocupações ligadas às queimadas e ao desmatamento na Amazônia desde a chegada ao poder do presidente Jair Bolsonaro.

Veja também
+ Mãe de Eliza Samudio diz que Bruno não paga pensão e que filho do goleiro se sente culpado pelo crime
+ Deputado dos EUA sugere mudar órbita da Lua para combater aquecimento
+ Baleia 'engole' pescador nos EUA e depois o cospe vivo
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Faustão é internado em hospital de SP
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS