Esportes

Árbitro de Internacional x Corinthians apitou jogo que revoltou corintianos neste Brasileirão

Wilton Pereira Sampaio trabalhou em apenas um jogo do Timão nesta temporada, contra o Sport, fora de casa, e deixou a Fiel insatisfeita pela falta de critério na marcação de pênaltis

Árbitro de Internacional x Corinthians apitou jogo que revoltou corintianos neste Brasileirão

Escalado para apitar Internacional e Corinthians, nesta quinta-feira, às 21h30, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, no Beira-Rio, em Porto Alegre, o goiano Wilton Pereira Sampaio trabalhou em apenas um jogo do Timão nesta temporada, e causou revolta nos corintianos.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Quem foi o craque do Brasileirão? Redação do LANCE! escolhe os melhores

No dia 23 de setembro de 2020, o profissional, que ocupa o quadro da Fifa, arbitrou a derrota corintiana por 1 a 0 para o Sport, na Ilha do Retiro, pela 12ª rodada do Brasileirão, marcando um pênalti para os pernambucanos ainda no primeiro tempo, por conta de um toque de mão de Everaldo dentro da área.


+ MS: Homem que revelou amante pouco antes de ser intubado deixa UTI-covid
+ Ratinho critica Dudu Camargo: ‘Só o Silvio gosta dele’



A cobrança foi convertida por Iago Maidana, que acabou dando a vitória aos donos da casa. Mas não parou por aí. Na segunda etapa, Wilton não usou o mesmo critério quando o zagueiro Sander, do Leão, também fez uma ação de bloqueio que culminaria numa penalidade ao Timão.

Desde 2013 como integrante do quadro Fifa, Wilton apita jogos da elite nacional desde 2007, já tendo trabalhado em 25 partidas do Corinthians na Série A, com 11 vitórias, nove derrotas e cinco empates, um aproveitamento de 50,6% dos pontos disputados.

Completam a equipe de arbitragem os assistentes Fabinho Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires, também goianos e Fifa, o quarto arbítrio é o gaúcho Roger Goulart. A arbitragem de vídeo ficará sob o comando do catarinense Rodrigo Dalonso Ferreira, auxiliado pelo mineiro Felipe Fernandes de Lima e o Johnny Barros de Oliveira, que, assim como Dalonso, vem de Santa Catarina.

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS