Brasil

Aras pede atenção a ‘polarizações e extremos que enfraquecem nossa democracia’

O procurador-geral da República, Augusto Aras, publicou na noite deste domingo, 19, um discurso que proferiu no fim da semana passada como reação à participação do presidente Jair Bolsonaro em uma manifestação que pediu o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal. O ato foi realizado em frente ao Quartel-General do Exército e foi favorável a uma intervenção militar no País.

“É preciso estar atentos neste momento para as polarizações, os extremos, internos e externos, que enfraquecem a nossa democracia participativa”, diz Aras no discurso, lido durante a posse da nova diretoria do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público (CNPG), na sexta-feira, 17.

“E para isso fica o meu convite à tolerância, à solidariedade e à responsabilidade sociais, mormente neste período em que a epidemia tem dizimado milhares de pessoas.” Aras não cita o nome de Bolsonaro no texto e também não faz referências diretas à participação do presidente na manifestação. O procurador-geral cita apenas “eventos noticiados neste domingo” ao justificar a reiteração do que afirmou na sexta.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago