Agronegócio

Aquisição de couro cai 4,1% no 2º trimestre ante o 1º trimestre, diz IBGE

Rio, 12 – A aquisição de couro pelos cortumes brasileiros atingiu 8,23 milhões de peças inteiras de couro cru de bovinos no segundo trimestre do ano, queda de 4,1% em relação em primeiro trimestre. Na comparação com o segundo trimestre de 2017, a aquisição de peças inteiras ficou estável, conforme a Pesquisa Trimestral do Couro, divulgada nesta quarta-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o IBGE, na passagem do segundo trimestre de 2017 para o deste ano, a aquisição de couro avançou nos seguintes Estados: Rio Grande do Sul (+163,18 mil peças), Mato Grosso do Sul (+70,75 mil peças), Pará (+49,55 mil peças), Goiás (+49,21 mil peças) e Rondônia (+44,92 mil peças). As maiores reduções absolutas ocorreram em São Paulo (-86,26 mil peças) e Minas Gerais (-26,48 mil peças).

Mato Grosso continua liderando a recepção de peles bovinas pelos curtumes, com 15,9% da participação nacional, seguido por Mato Grosso do Sul (13,1%) e São Paulo (12,1%).