Esportes

Aquino fica fora e Wellington é confirmado como titular no Fluminense

O elenco do Fluminense disputou o tradicional rachão neste sábado, véspera da partida contra o Internacional, no estádio do Beira-Rio, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem ninguém no departamento médico, o treino contou com todos os jogadores do elenco.

Após o trabalho, os meio-campistas Marquinho e Gustavo Scarpa treinaram cobranças de falta. Na sequência, a delegação embarcou para Porto Alegre. A única baixa para a partida será o volante Edson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Quem também ainda ficará de fora, mas por opção do técnico Levir Culpi, é o recém-contratado Claudio Aquino. O meio-campista argentino chegou a afirmar pelas redes sociais que estava pronto para estrear, mas o treinador optou por não relacioná-lo.

Dos jogadores que chegaram recentemente, o centroavante Henrique Dourado está confirmado para começar em campo no domingo. O meia Weillington, que entrou no decorrer dos dois últimos jogos, deve fazer sua estreia entre os titulares. Marquinho, Danilinho e o paraguaio Alexis Rojas ficarão na reserva.

O Fluminense não entrou em campo na rodada de meio de semana porque teve o jogo contra o Figueirense adiado para o dia 3 de setembro. No último domingo, venceu a Ponte Preta por 3 a 0. Com um jogo a menos que os demais clubes, o time carioca ocupa a nona colocação, com 24 pontos, a oito de distância do G4. A equipe deve entrar em campo com: Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Douglas, Cícero, Scarpa e Wellington; Marcos Júnior e Dourado.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Hamilton bateu de novo em Albon; veja memes da F1
+ Pandemia adia cirurgia e saúde de Schumacher piora
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior