ISTOÉ Gente

Apresentador da GloboNews escapa do isolamento e é detonado por telespectador

Crédito: Reprodução Instagram

Nesta terça-feira (07), o jornalista e apresentador Marcelo Cosme, do programa ‘Em Pauta’, da GloboNews, resolveu sair do isolamento social e fazer uma caminhada em uma praia do Rio de Janeiro, mas logo foi reconhecido e começou a ser filmado por um telespectador que ficou revoltado com a postura do profissional de comunicação de furar a quarentena diante desta grave pandemia do coronavírus.

Identificado como Alexandre Monteiro, o rapaz que filmou Marcelo criticou o fato dele “achar um absurdo ter pessoas na rua” durante seu programa, sendo que por trás das câmeras o próprio vai de contra a recomendação de ficar em casa.

“Quero filmar bem a sua cara, pra mais tarde você dizer lá no GloboNews Em Pauta que é um absurdo as pessoas estarem na praia, né?” questionou Alexandre. Marcelo Cosme então retruca: “Você me respeita. Você está me perseguindo há dois dias. Não sou do grupo de risco”, diz o jornalista. “Ah, não é? Mas a população toda é? Não pode trabalhar, não pode fazer nada que você faz escândalo no GloboNews Em Pauta, né? Seu lacrador”, grita. Em seguida, Marcelo Cosme deixa Alexandre falando sozinho e sai andando do local.

Assista ao vídeo em que Marcelo Cosme aparece caminhando pela praia:

Veja também

+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior