Geral

Apreensão de ‘maconha sintética’ sobe quase 500% em presídios de SP

A apreensão de K4 em presídios de São Paulo subiu quase 500% entre 2019 e 2020, aponta levantamento da Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo (SAP). A droga, popularmente conhecida como “maconha sintética”, foi localizadas em correspondências e na área externa das unidades prisionais do Estado.

Segundo a SAP, houve um aumento de 488,83% entre janeiro a julho de 2020 em comparação ao mesmo período do ano passado. Em 2019, foram 86 ocorrências nos primeiros sete meses do ano enquanto em 2020 este número subiu para 472.

Formada por substâncias que têm uma reação muito parecida com o THC, que é o princípio ativo da maconha, porém muito mais potente, a K4 é facilmente levada para dentro das unidades em forma líquida, quando borrifada em pedaços de papel na tentativa de burlar a fiscalização.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago