Esportes

Após sofrer goleada, Botafogo tenta recuperação contra o Cruzeiro no Rio

Facilmente goleado pelo Grêmio no fim de semana, o Botafogo tenta se recuperar no Campeonato Brasileiro diante do Cruzeiro, nesta quarta-feira, às 19h30, no Engenhão, em duelo pela 23.ª rodada. A equipe busca se afastar da zona de rebaixamento e, também, melhorar seu retrospecto no torneio diante dos times considerados grandes.

O Botafogo tem apenas 28% de aproveitamento jogando contra os times de maior expressão da elite nacional (os quatro grandes de São Paulo, os três rivais do Rio, os dois de Minas Gerais e a dupla do Rio Grande do Sul). Foram oito derrotas, três vitórias e dois empates em 13 confrontos.

O zagueiro Joel Carli, um dos mais experientes do grupo, admitiu que a cobrança interna foi dura após o péssimo resultado diante do Grêmio, e que todos estão focados em vencer o Cruzeiro para abrir distância da zona de rebaixamento.

No momento, o time carioca está na 15ª posição, com 25 pontos, apenas dois a mais do que o Sport, que abre o grupo dos quatro piores colocados.

“Quando você perde de 4 a 0, tem que ter cobrança, tem que ficar com raiva, porque não pode acontecer.

Não posso falar como foi a cobrança, têm coisas que ficam no vestiário”, disse o defensor. “Conversamos muito, teve uma cobrança forte. Agora já estamos focados no jogo com o Cruzeiro”, garantiu.

Na tentativa de mudar este cenário desfavorável e se reabilitar no torneio, o Botafogo terá a volta do zagueiro Igor Rabello, que cumpriu suspensão pelo terceiro amarelo diante contra o Grêmio. Kieza, recuperado de uma lesão na coxa, também deve voltar, mas não se sabe se começará jogando.

Outro que se livrou de lesão e está pronto para retornar é o meio-campista Rodrigo Lindoso. Zé Ricardo ainda não definiu se o usará desde o começo da partida. Além de Lindoso, Jean, Marcelo e Matheus Fernandes são opções para o meio.

Na frente, é provável que Erik e Luiz Fernando formem o ataque e se Kieza não jogar, Brenner deve seguir entre os titulares.

Os desfalques são Rodrigo Pimpão, suspenso, os goleiros Gatito Fernández e Jefferson que ainda não têm previsão de volta, ao contrário dos meias Renatinho e Marcos Vinícius. A dupla deve ficar à disposição na próxima semana.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO – Saulo; Marcinho, Igor Rabello, Joel Carli e Moisés; Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso (Jean) e Leo Valencia; Luiz Fernando, Erik e Brenner (Kieza). Técnico: Zé Ricardo.