ISTOÉ Gente

Após ser ofendida, Luciana Gimenez obtém liminar na Justiça contra Jorge Kajuru

Crédito: Reprodução/Instagram

Luciana Gimenez e Jorge Kajuru (Crédito: Reprodução/Instagram)

Luciana Gimenez recorreu à Justiça da capital federal e conseguiu uma liminar após ter sido ofendida e ataca por Jorge Kajuru. Em entrevista para Antônia Fontenelle, o senador da república chamou a apresentadora de garota de programa e disse que ela é uma mulher desqualificada.

Segundo o UOL, que teve acesso a decisão do juiz Valentino Aparecido de Andrade, Kajuru não poderá se manifestar sobre a vida pessoal ou profissional de Luciana. Caso ele descumpra a medida, terá que pagar uma multa diária de R$ 20 mil.


“Qualidades acentuadamente negativas à pessoa da autora foram nessa entrevista atribuídas, com a alusão a fatos que evidentemente tinham por objetivo de parte do réu o de violar, além de qualquer justa medida razoável, a privacidade, a honra e a imagem da autora, inclusive quanto se trata de menoscabar a sua inteligência”, disse o juiz ao veículo.

E completou: “O escárnio do réu surge, em tese, explícito quando afirma não recear que a autora o processe novamente por tais ofensas, dado que já fora processado e condenado por fatos do mesmo jaez”.

Vale lembrar que após ser xingada pelo jornalista, como forma de se defender e dar apoio a muitas mulheres que também sofrem humilhação, são agredidas e vivem relações tóxicas, Gimenez, através de sua assessoria, enviou uma carta aberta à imprensa.

Ela também recebeu o apoio do ex- marido, Marcelo de Carvalho, que saiu em sua defesa. “Minha solidariedade à Luciana Gimenez, como mulher e mãe de dois meninos doces e espetaculares, meu filho Lorenzo e seu filho Lucas com Mick Jagger, com quem, testemunhei por longos anos proximamente, mantém a melhor e mais respeitosa relação”.