Esportes

Após retorno ao estúdio, ‘Redação SporTV’ sofre com problemas técnicos e tem início atrasado

Programa apresentou dificuldades de entrar no ar no segundo dia de transmissão ao vivo direto do estúdio da emissora; programa do PVC 'tapou buraco' na programação

Após retorno ao estúdio, ‘Redação SporTV’ sofre com problemas técnicos e tem início atrasado

O ‘Redação SporTV’ atrasou nesta terça-feira, um dia após o retorno do apresentador Marcelo Barreto ao estúdio do programa com convidados participando pela internet. Barreto começou a edição afirmando que o programa estava apresentado ‘problemas técnicos’ e que não conseguiria entrar no ar no horário padrão.

– Bom dia, amigos do Canal Campeão! Estou aqui para dar um recado. Eu voltei ontem ao estúdio para fazer o Redação SporTV daqui, e um dos nossos objetivos era melhorar as condições técnicas. Pois, para a nossa surpresa, tivemos um problema técnico, que poderia ter acontecido em qualquer outro dia. Infelizmente, um dia depois de termos voltado ao estúdio, ainda não temos condição de botar o Redação SporTV no ar. (…) Nós voltamos logo depois, ou assim que o problema estiver resolvido – disse.

A emissora, então, colocou no ar o programa ‘PVC em casa’, com análise de Paulo Vinicius Coelho sobre a conquista da Libertadores do Santos em 2011. Após 15 minutos de atraso o programa voltou ao ar e Barreto pediu desculpas aos telespectadores.

– Olá, amigos do Canal Campeão! Bom dia de novo, com o nosso pedido de desculpas. Conseguimos resolver os problemas técnicos, nossa equipe correu aqui e está pronta para levar o Redação do jeito que você conhece, com os recursos que temos aqui no estúdio – afirmou.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Pandemia adia cirurgia e saúde de Schumacher piora
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior