Esportes

Após polêmica, Messi jogará em Israel com Barcelona

TEL AVIV, 12 JUL (ANSA) – Após a polêmica do mês passado com o cancelamento do amistoso em Jerusalém entre as seleções da Argentina e de Israel como preparação para a Copa do Mundo, os israelenses ficaram sabendo hoje (12) que poderão ver Lionel Messi jogar em novembro por lá. O Barcelona e o Atletico de Madrid agendaram um amistoso no Estádio Sammy Ofer, em Haifa. A notícia foi confirmada pelo prefeito Yona Yahav. De acordo com a imprensa local, o jogo foi arranjado pelo empresário israelense Idan Ofer, um dos acionistas do Atletico de Madrid. Mas os detalhes da partida ainda não foram acordados.   

O jogo amistoso entre Argentina e Israel tinha sido anulado pela parte argetina após pressão política. Grupos palestinos acusaram os dirigentes israelenses de se aproveitarem do jogo para fins políticos, alegando que a partida comemoraria os 70 anos do Estado de Israel.   

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, falou pessoalmente com o presidente argentino, Mauricio Macri, na tentativa de manter o jogo em Jerusalém, mas em vão. Por sua vez, o presidente da Associação Palestina de Futebol, Jibril Rajoub, agradeceu Messi, “em nome da Palestina”, por não ter jogado em Jerusalém, “zona contestada” pelos dois povos.   

(ANSA)