Brasil

Após morte do dono por câncer, cadela está com a mesma doença na Paraíba

Crédito: Arquivo pessoal/ Lurdinha da Silva

Vivi com a sua dona Lurdinha (Crédito: Arquivo pessoal/ Lurdinha da Silva)

A cadela Vivi, como é conhecida, acompanhou seu dono com câncer até o hospital Napoleão Laureano de João Pessoa, na Paraíba. Porém, o dono da cachorra não resistiu e morreu na unidade de saúde no último ano. O animal aguardou por dias na porta do hospital até ser adotada por uma voluntária, de acordo com o portal G1.

A nova dona da cadela, Lurdinha Silva, a palhaça Bom Te Ver, conta que realiza há 16 anos o acompanhamento psicológico e emocional voluntário com pacientes no hospital. No último dia 16 de janeiro, Silva contou que tentou passear com Vivi, mas ela demonstrou estar cansada e não quis sair. Foi então que, a voluntária levou a cadela para o veterinário.

“Na quinta-feira passada [16 de janeiro], quando fui passear com ela, ela tava cansada e não quis sair. Aí imediatamente eu levei pra doutor Everaldo”, disse Lurdinha ao G1.

O diagnóstico não foi bom, Vivi está com um câncer, que já atingiu vários órgãos. A cadela está em tratamento, fazendo quimioterapia. Entretanto, o estágio da doença está avançado, com pequenas chances da cadela se recuperar.

Lurdinha agora busca ajuda para realizar a quimioterapia de Vivi em uma clínica veterinária da capital paraibana. O número para as doações é o (83) 98811-0164.