Esportes

Após jogo contra o Brasil, Uruguai confirma novos casos de covid-19

Um dia após enfrentar a seleção brasileira, o Uruguai confirmou nesta quarta-feira mais sete casos de covid-19 em sua equipe, entre jogadores e membros da comissão técnica. Na noite de terça, o Brasil venceu o rival por 2 a 0, em Montevidéu, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Nesta quarta, a Associação Uruguaia de Futebol (AUF) informou que o zagueiro Alexis Rolín e o atacante Diego Rossi testaram positivo para o novo coronavírus. Na noite de terça, eles não saíram do banco de reservas no estádio Centenário. Também testaram positivo Alberto Pan, Jorge Rey, Richard López, Víctor Britez e Emiliano Aguirre, todos membros da comissão técnica.

“Todos os mencionados estão em bom estado de saúde e já foram implementadas as medidas adequadas para estes casos”, declarou a AUF, em comunicado.

Com estes resultados, a seleção uruguaia soma agora dez casos positivos de covid-19. Os casos anteriores eram os do atacante Luis Suárez, do Atlético de Madrid, do goleiro Rodrigo Muñoz, do Cerro Porteño, e do lateral-esquerdo Matías Viña, do Palmeiras.

O jornal uruguaio Ovación, por sinal, havia atribuído ao clube paulista o surto de covid-19 da equipe nacional. Isso porque o Palmeiras vem enfrentando um surto do novo coronavírus nos últimos dias.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel